publicado por nanotech | Sábado, 06 Fevereiro , 2010, 14:02

O Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL) beneficia de 17 milhões de euros de fundos comunitários para a aquisição e instalação de equipamento científico. A comparticipação para um investimento global de 24,3 milhões de euros foi ontem, dia 3 fevereiro, acordada, na sede do INL, com a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, entidade gestora do Programa Operacional da Região Norte (ON.2).

Carlos Laje, presidente da CCDRN, considerou o projecto do INL ‘o mais decisivo de todos os investimentos do ON.2’, enquanto o ministro Mariano Gago destacou ‘o impacto regional e europeu deste financiamento’.
José Rivas, director-geral do INL, apontou o contrato de financiamento para a aquisição de equipamento científico como ‘um marco notável’ para o ‘desenvolvimento da actividade científica da organização com sede em Braga, criada em 2005 por iniciativa conjunta dos governos de Portugal e Espanha.
O financiamento do ON.2 permite o equipamento da chamada ‘sala limpa’ do INL, uma área de 400 m2 onde os cientistas poderão fabricar micro e nano dispositivos e estruturas.

A ‘sala limpa’ será também dotada de equipamento científico destinado ao processamento de biochips e biosensores, um sector que, de acordo com os responsáveis do INL, será de grande impacto científico a nível internacional e, à escala da Península Ibérica, especialmente relevante para o desenvolvimento de dispositivos biomédicos.

O concurso para os equipamentos das sete alas da ‘sala limpa’ está na sua recta final, prevendo-se que os mesmos sejam instalados em Setembro ou Outubro. Ainda durante o corrente mês é lançado um segundo concurso internacional para o equipamento dos laboratórios centrais de microscopia electrónica, caracterização de superfícies, bioquímica, micro-fluídos e encapsulamento.

‘Coração’ do INL com características únicas

 

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, afirmou ontem que o INL ‘tem características únicas do ponto de vista das capacidades técnicas e científicas, para fazer a dife- rença relativamente aos outros laboratórios ibéricos e europeus’.
Mariano Gago apontou o facto de a ‘sala limpa’ poder funcionar para vários fins e as suas características de precisão que fazem deste espaço uma das mais valias essenciais do INL.
 

‘Esta sala limpa será um ponto único na Península Ibérica e, para muitas aplicações, à escala internacional’, adiantou o governante.

Contratação de investigadores à espera dos governos

O director adjunto do INL manifestou ontem alguma preocupação pelo atraso na aprovação pelos governos de Portugal e Espanha dos regulamentos de contratação de investigadores.
A direcção do INL começou em Maio as entrevistas a investigadores, mas continua limitada a celebrar contratos, porque os dois governos ainda não assinaram os regulamentos que estabelecerão as condições de contratação por parte da organiza- ção de investigação de estatuto jurídico internacional com sede em Portugal.
‘Temos pessoal para arrancar, mas temos que começar a contratar gente para encher os gabinetes, pessoas que vêm para ficar cá dez anos ou mais”, afirmou Paulo Freitas, à margem da cerimónia de assinatura dos contratos para aquisição do equipamento de base do INL.

Já em Dezembro último, o director adjunto do INL alertou para a necessidade da aprovação da regulamentação necessária à contratação do grosso dos investigadores do INL.
Com a conclusão das obras do Laboratório Ibérico Internacional e a chegada em breve dos equipamentos, Paulo Freitas reconhece que a falta de decisão dos governos pode vir a complicar o arranque em pleno da actividade do INL.
No dia 17, o INL e a Universidade do Minho assinam um protocolo de colaboração que formaliza a permissão de professores e alunos trabalharem no Laboratório. Idêntico acordo será celebrado com outras universidades.

 

fonte: Correio do Minho

 

 


mais sobre mim
Fevereiro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26

28


arquivos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO